domingo, 7 de setembro de 2008

TPM - Não dá mais pra ignorar!

Companheiras,
Venho compartilhar com todas aquelas que sofrem os sintomas da dita TPM, ou em inglês PMS (Premenstrual syndrome), pois a cada mês tenho sentido suas garras mais afiadas que nunca!
Parece exagero, principalmente para a ala masculina, que costuma associar aos fricotes e frescuras. Mas, o que antes parecia algo inexistente pra mim, tem se tornado tormento. Quando lia algo a respeito ou ouvia relatos, também pensava que, lá no fundo, havia um certo "charminho". Aquela velha história de ver pra crer. Até que os sintomas foram variando e se agravando, e tive a certeza que não era frescura, manha ou charminho.

Eu sempre me recusei a tomar remédios, assim, à revelia. Só mesmo quando muito necessário. Fui suportando com naturalidade. Já que meu corpo provocava todas as mudanças 7 a 14 dias antes da menstruação, acreditava que naturalmente tudo se normalizaria. Atualmente, pelo menos 1 dia é crítico. Porém, até perceber que os sintomas estavam associados à TPM, foram necessários dois meses estranhíssimos. Pesquisando a respeito, vi que meus sintomas não "batiam" com aqueles mais comuns. Encontrei outro termo médico que talvez pudesse explicar meu quadro: PMDD (premenstrual dysphoric disorder) ou Desordem disfórica pré-menstrual. Não se trata de auto diagnóstico, pois finalmente procurei ajuda médica e farei diversos exames.
Portanto com tratamento correto, paciência e alguns cuidados com a saúde tudo fica bem!

Um comentário:

Roseane, disse...

O pior é que quando essa tpm baixa...é dificil mesmo...mas espero que melhore e muita paciência!